sexta-feira, 13 de março de 2015

Lobos em pele de cordeiro... Eles estão por aí!



    Apesar deste blog ser voltado para o público LGBT, este tema é universal. E qualquer pessoa corre o risco de cair nas garras do lobo que vem em pele de cordeiro. Pensando bem, qualquer pessoa, não! Apenas aquelas que possuem as seguintes características: Carência, insegurança e fragilidade.
   Os lobos astutos como são percebem logo quando se deparam com uma pessoa dessas. Eles possuem olhares atentos e estudam bem quem será sua vitima! Então se mostram carinhosos, afetuosos, amorosos... e quando a vitima menos percebe, caiu na deles! 

   Já vi amigos sofrerem nas garras de pessoas de má fé. Dei conselhos, deram conselhos... E você quer saber se eles ouviram? Não! Os lobos são sedutores e conseguem fisgar suas vitimas de tal forma que mesmo elas sofrendo, não percebem o quanto estão sendo manipuladas. 
   
   Tenho uma amiga que chamarei aqui de Miss Fat. A jovem Miss Fat era como o nome já diz... gorda, carente, solitária, sensível, frágil, com muito dinheiro, poucos amigos e nenhum amor! Por tanto era a vitima perfeita para qualquer lobo abocanha-la! E logo isso aconteceu!
   
   Quando Miss Fat me apresentou o canalha, percebi de cara que não se tratava de uma boa pessoa! E ao mesmo tempo olhava para minha amiga e a via encantada por ele. Qual seria o meu papel de bom amigo? Dizer o que penso com todos os eufemismos possíveis para que ela não se ofendesse? Deixar os eufemismos de lado e dizer que ela não precisava de um "amor falso", mas sim de um verdadeiro regime e um psicólogo? Ou, não me meter e deixar que a vida lhe ensinasse? 
   Bom, de inicio achei melhor seguir a terceira alternativa, mas quando vi a Miss Fat dando inúmeros presentes para o lobo, pagando coisas para ele, brigando com sua família por causa dele... Tive que me meter! Agi com a primeira alternativa. Ela não ouviu. Tinha desculpas para cada erro do lobo. Parecia que no fundo sabia que ele não gostava dela, mas a dor de estar sozinha era pior do que a dor de viver com o inimigo ao lado.
   Resumo da ópera! Um ano se passou... ela perdeu o emprego, saiu da casa dos pais e hoje mora de favor na casa de uma prima, não tem mais dinheiro para pagar a faculdade e ainda está com o lobo, mesmo ele não estando com ela! A Miss Fat acredita na utopia de que em breve se casarão, terão filhos e serão muito felizes!
   Não tive coragem de dizer a segunda alternativa! Talvez por isso ela ainda esteja com ele! Sou egoísta, confesso! Talvez se tivesse dito: "Deixa de ser idiota sua gorda! Não tá vendo que esse cara só quer te usar! Ao invés de mendigar afeto de um ridículo que não te merece, porque tu não entra numa academia, para de comer feito louca, faz um regime, cuida de ti e emagrece! Logo vai aparecer alguém que vai te achar atraente e ficar contigo por ti e não pelo o que tu tem!"
   Se eu tivesse dito exatamente assim, talvez minha amiga não estivesse mais ao lado dele, e talvez eu não estivesse mais a amiga. Por hora acho melhor ficar calado!
   
   Eu não posso ajudar minha amiga, do mesmo jeito que não pude ajudar um amigo gay que passou pela mesma situação. O cara extorquiu meu amigo, iludiu, enganou e abandonou... Depois de anos ele se refez. E sabe como ele está hoje? Envolvido com um tipo similar. Não adianta meu amigo mudar de parceiro, se ele não muda de personalidade. Gay no geral é carente e por isso é uma vitima perfeita para esse tipo de gente. Eu não pude ajudar meus dois amigos, mas eu posso ajudar você que tá lendo esse texto!
   Não deixe que fragilidades suas sejam uma ponte para esse tipo de gente! Trabalhe sua carência, suas limitações e inseguranças por mais difíceis que pareçam... E quando o lobo surgir, você estará muito feliz sozinho, ou lado de alguém que realmente te merece! 
   
   

5 comentários:

  1. eh, a realidade e esta, so somos felizes se nos amos incondicionalmente, eu estou aprendendo a libertar da insegurança afetiva

    ResponderExcluir