sexta-feira, 13 de maio de 2011

As delícias de se ter um namorado


Todos que me conhecem sabem o quanto amo namorar. E assumo isso mesmo! Odeio ser sozinho, odeio não ter a quem me dedicar, odeio não dividir uma vida com alguém.
As baladas, sexo casual, não dar satisfação para ninguém, e todos os outros prazeres da vida de solteiro nunca encheram os meus olhos.
Prefiro um filminho agarrado com o namorado no sábado a noite do que rebolar numa pista de dança; Prefiro o sexo intimo e com sentimento com aquele que divide uma vida comigo, do que o sexo novo com estranhos; Prefiro dar satisfações de tudo que faço para aquele que digo amar, do que não ter a quem se dar.
Por tudo isso quase que sempre emendo um namoro no outro. Geralmente termino uma relação e já começo outra.
Isso gera criticas de alguns amigos que dizem que preciso curtir mais a minha companhia, aproveitar mais a vida e etc e tal.
Eles só não sabem que curto a vida deste jeito, e que o Paulo sem namorado, é um Paulo sem ânimo e sem graça.
Sei que tem gente que acha triste quem não consegue ser feliz sozinho. Quem deposita sua felicidade nas mãos de outra pessoa. Para mim essas pessoas na verdade são muito frustradas por não terem ainda encontrado alguém que valesse a pena e se saem sempre com essa desculpa, que um olhar mais atento logo desmascara.

Então, a minha resposta para quem pensa assim é mostrar a minha felicidade ao lado de alguém. É mostrar que apesar de tudo tem como ser feliz com uma pessoa.
Ou existe algo melhor do que pegar um cineminha com o namorado? Beijos e caricias entre uma cena e outra...
Ah e como é gostoso comemorar os aniversários de namoro, dia dos namorados, natais, reveillons...As datas comemorativas ganham mais sentido quando estamos namorando.
Nossa, é muito bom olhar uma coisa na rua e lembrar dele, comprar, e depois ver sua cara de felicidade.
Só quem tem namorado curte os domingos a noite, sabe o que é dormir de conchinha, ouve um boa noite seguido de um "eu te amo" antes de dormir, mensagens apaixonadas pelo celular, beijos roubados, surpresas, cheiro no sovaco, risadas sem fim, companhia nos momentos de dor e alegria, abraço apertado, viagens românticas, sorvete no fim de tarde, música, fotos, lembranças, apenas estar junto fazendo tudo ou não fazendo nada, porque se for com alguém que amamos, sempre será especial!
Enfim, namorar ainda é a melhor opção para quem quer ser realmente FELIZ!

6 comentários:

  1. Concordo plenamente contigo! Antes eu acreditava que eu me bastava, que não precisava de uma outra pessoa a meu lado para ser feliz de verdade, mas com o tempo percebi que a vida a dois é dez mil vezes melhor que a de solteiro.E q depois que se conhece os dengos de amor, que se provam as delícias do namoro ( mas namoro de verdade: com carinho, respeito e fidelidade...)não se quer outra coisa na vida. Não liga para oq pensam ou digam para e sobre vc, deixe q falem, pois quem critica o outro com insistência na verdade gostaria de ser e agir como a pessoa criticada e não podem, seja por que não tem coragem ou seja porque não é são seres livres em bruca da felicidade. SEJA FELIZ ANTES DE QUALQUER COISA, MESMO SEM MOTIVOS...Abração! =D

    ResponderExcluir
  2. Valeu, Anderson. Um viva a vida a dois!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu preciso de um namorado urgentemente..rsrs!
    acho que o ser humano sozinho e incompleto!

    ResponderExcluir
  5. Paulo se fosse a um mes atras, discordaria de vc, mas hj concordo e digo mais... no nosso meio fugimos mt c medo de se magoar e nao devemos fazer isso, pois estamos perdendo a oportunidade de estarmos felizes realmente e nao aquela felicidade do sabado a noite
    abraços

    ResponderExcluir
  6. Parafraseando Caetano; Cada um sabe a dor e a delícia de ter o que se tem.

    ResponderExcluir